De acordo com um relatório recente as cidades de Lisboa e Porto foram consideradas as melhores cidades de Portugal para viver, visitar e fazer negócios.

Este relatório teve por base dados quantitativos (estatísticas oficiais, inquéritos online e através das redes sociais dos municípios) que classificaram o desempenho das cidades dos 308 municípios portugueses.

O algoritmo que foi tido em conta para gerar a classificação final que resulta da ponderação de outras três classificações, que avaliam também os municípios em três critérios: morar, visitar e fazer negócios (atrair investimentos).

Porto e Lisboa lideram a classificação geral este ano de acordo com a Bloom Consulting.  Os melhores municípios para viver segundo a análise, são, para além de Lisboa e Porto, Braga , Coimbra, e Viseu.

Ao nível do turismo, os municípios que tiveram a melhor classificação foram Lisboa, Porto, Cascais, Funchal e Portimão.

Ao nível dos negócios, Cascais, Vila Nova de Gaia e Coimbra estão logo a seguir a Lisboa e Porto. No ranking geral que teve em consideração todos estes aspetos encontram-se Porto, Lisboa, Cascais, Coimbra e Braga, os mesmos ‘top 5’ do estudo anterior, que foi publicado em 2019.

A consultora também realizou este ano um estudo sobre o impacto da Covid-19 “na atracão do turismo, investimento e talento” pelos municípios. É preciso ter em atenção que o futuro não vai ser uma cópia do passado pré-pandêmico, refere o estudo.

O estudo refere ainda que: “além de controlar a pandemia, os cidadãos de norte a sul de Portugal mostram uma voz unificada em relação às novas prioridades (que não eram tão importantes antes do surgimento da Covid-19) e que gostariam de ver implementado nos seus municípios, e a primeira está relacionada com o acesso a cuidados de saúde de qualidade nos seus municípios, sendo seguido pela implementação de programas de segurança e higiene nos locais de trabalho e nas escolas assim como a redução de multidões nos espaços públicos.

Para concluir o estudo indica que existe uma nova tendência de “êxodo urbano” onde, cerca de 73 por cento dos entrevistados revelam o desejo de não voltar a um trabalho com 100% face a face, enquanto 75% disseram que pretendem viajar exclusivamente para destinos nacionais nos próximos feriados.

Lisboa e Porto podem até ser as melhores cidades de Portugal, mas é também importante desenvolver as cidades portuguesas junto da fronteira espanhola. Portugal deve apostar na criação de indústrias, comércio, e atracões turísticas no interior de Portugal, porque a maioria dos portugueses que imigram para outros países são do interior de Portugal, por não existir empregos, nem trabalho, nem infraestruturas no interior por isso as pessoas estão a abandonar o interior em grande número.  Com o desenvolvimento do interior de Portugal isso vai manter a população local em Portugal. Além disso, torna-se mais fácil exportar produtos para a Espanha e a EU e será bom para a economia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here